Açores

Esta viagem foi-me oferecida no meu aniversário, por ele. Sortuda, eu sei.
"Visitar os Açores é a garantia de desfrutar de uma natureza intocada e uma costa com vista para um mar azul penetrante e cativante." li isto algures antes da viagem e pude comprovar, na sua plenitude, a veracidade de tais palavras. É maravilhoso! Paisagens de cortar a respiração para cada lado que te voltas. 
Não há outra maneira de visitar toda a ilha se não alugares um carro, é a forma mais prática e económica. Nós aterrámos numa sexta-feira de manhã, almoçámos no fórum de Ponta Delgada e seguimos viagem em direção ao lado oeste da ilha, terminando no centro, Ribeira Grande, onde ficámos alojados (Casa Areal de Santa Bárbara, aconselho!). No 2º dia visitámos o lado este e central, no 3º ficámos apenas por Ponta Delgada, pois fomos na altura das  Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres.

Pontos turísticos:

1. PONTA DA FERRARIA 
A Ferraria é um local onde a água quente, aquecida por vapores vulcânicos, se mistura com a água fria do mar, numa pequena enseada que forma uma pequena piscina natural.
 
2. LAGOA DAS SETE CIDADES
A Lagoa das Sete Cidades é a imagem de marca da ilha de São Miguel. Vai até ao miradouro Vista do Rei, é um local de visita obrigatória onde é possível observar as diferentes tonalidades das águas das lagoas: o verde e o azul.
 
3. RUÍNAS DO HOTEL MONTE PALACE
O hotel Monte Palace marca a visita ao miradouro da Vista do Rei sobre a lagoa das Sete Cidades. Esteve aberto durante apenas um ano e meio no final da década de 80 e acabou totalmente pilhado e vandalizado depois de 2010. Não há qualquer vedação, guarda ou proibição de entrada, pelo que as ruínas atraem a visita de muitos dos forasteiros que por aqui passam.
 
4. LAGOA DO FOGO
A lagoa do Fogo é, provavelmente a lagoa mais bela de São Miguel.
 
5. PRAIA DO AREAL DE SANTA BÁRBARA
Uma praia de areia preta, onde era possível ver o pôr do sol desde o nosso apartamento.
 
6. FURNAS
Vale a pena explorar as fumarolas e geysers no meio da povoação, contemplando as formas de vulcanismo secundário do vulcão das Furnas. Experimente os pães levedos das Furnas! Não percas o cozido das Furnas, talvez o prato mais tradicional dos Açores, este cozido é confeccionado nas caldeiras, nas margens da lagoa das Furnas, recorrendo unicamente ao calor que emana da terra. O resultado final pode ser experimentado num dos vários restaurantes existentes. O tempo de cozedura é de cerca de 6 horas.

7. NORDESTE
O nordeste da ilha de São Miguel tem algo de mágico. Esta é a parte menos visitada da ilha mas onde existe uma aura de beleza selvagem. 
 
8. PLANTAÇÕES DE CHÁ GORREANA
A Gorrena tem fama de ter as únicas plantações de chá da Europa. Começaram a sua actividade no século XIX e ainda hoje é a mesma maquinaria que processa as folhas de Camellia sinensis que dão origem ao chá dos Açores.
 
9. POÇA DA DONA BEIJA
Águas quentes e límpidas num espaço muito bem cuidado tornam este num dos locais mais procurados nas Furnas. As águas da Poça da Dona Beija estão a uma temperatura de 39º C. Mesmo num dia de calor, é muito relaxante e terapêutico tomar aqui banho. Na Poça da Dona Beija, nas Furnas, relaxar é obrigatório.

10. PARQUE TERRANOSTRA
O parque Terra Nostra fica nas Furnas e foi recentemente considerado um dos mais belos jardins do mundo.

11. CALDEIRA VELHA
A Caldeira Velha é um dos lugares mais visitados na ilha de São Miguel. A água que escorre pelas encostas é aquecida por uma caldeira vulcânica, num vale rodeado de verde, onde se destacam os enormes fetos.
 
 
RESTAURANTES OBRIGATÓRIOS
Restaurante da Associação Agricola de São Miguel: Fica na Ribeira Grande, segundo ele, o melhor naco de carne que já provou na vida.
 
Tasca: O conceito é diferente, juntando música, arte ao vivo e gastronomia regional, tudo no mesmo espaço. Oferece um ambiente de verdadeira tasca tradicional, com mesas de madeira e prateleiras com a vasta garrafeira à vista de toda a gente.