75º dia - Vice-Campeão Men's Physique 2015

Para quem ainda não sabe, ele foi consagrado vice-campeão no Campeonato Regional Sul da IFBB Men's Physique 2015 e vice-campeão uma semana mais tarde no Campeonato Nacional da IFBB Men's Physique 2015. Ninguém imagina o quanto me custou não poder estar presente num dos dias mais importantes para ele, ninguém imagina o quanto chorei e tremi quando soube de ambas as classificações! Sim, eu acordei às 6 horas da manhã brasileiras num feriado só para o acompanhar em ambas as provas. Eu nunca duvidei que ele chegaria longe e isto foi a prova! Só eu sei os sacrifícios que ele fez para chegar onde está agora e onde chegará ainda. O caminho é longo e ele conseguiu subir cem degraus de uma só vez. Tem uma força de vontade invejável. A humildade dele deu cabo de todos. Tenho tanto mas tanto orgulho nele! Se namorar com o segundo melhor da região sul é o que é, imaginem o segundo melhor do país (muita baba eu sei, tenho motivos para isso). Ele é a pessoa mais persistente da área que eu conheço, quantas foram as vezes que me apetecia ir jantar fora e não pudemos devido à dieta rigorosa dele. Quantas foram as vezes que acordei a meio da noite com ele a cozinhar. As vezes que trocou horas nossas por treinos, por estar focado no objetivo, porque simplesmente tinha de ser e eu não entendia. Agora entendo. E eu não me chateio, se ele fosse alguém banal não teria resistido a todas as tentações que lhe passaram à frente. Ele sempre me diz "não quero ser melhor que ninguém, apenas me quero superar a mim próprio", e conseguiu. Foi a primeira vez que competiu, conseguindo um lugar que muitos deles lutam para conquistar há anos. Quando me informaram da classificação não sabia que lhe dizer, sentia-me pequenina, chorava e ria ao mesmo tempo, então gravei-lhe um vídeo a falar (acho que ele se emocionou só de me ouvir a soluçar). Com esta conquista ele ganhou reconhecimento, seja por parte de amigos ou desconhecidos. Irá favorecer-lhe bastante a nível profissional, será mais requisitado como Personal Trainer e terá mais sucesso. Já para não falar que o caso dele foi apresentado num power-point por um professor universitário numa sala de aula! Sinto um orgulho inexplicável. Não é comigo mas sinto-me na pele dele. Arrepio-me. E amo-o.

Instagram: @acambim

Deixo-vos aqui uns testamentos dele após as provas:

Após o regional: "Agora que tudo acalmou, não posso deixar passar mais tempo sem antes agradecer a todos aqueles que proporcionaram um dos melhores dias da minha vida.
Em primeiro, e sempre em primeiro lugar, aos meus pais, irmã e família, pois são eles o meu pilar, o meu orgulho infinito, o meu amor de sangue. Sem eles, eu seria um verdadeiro perdedor.
Á minha principal confidente, que mesmo estando fisicamente longe, nunca deixou de acreditar em mim e após saber os resultados estremeceu-me de emoção (conseguimos amor,em breve vamos festejar).
Depois, e não menos importante, a todos os meus amigos. Foram muitas as rejeições da minha parte para petiscos, jantaradas, cafés. A vossa compreensão não terá recompensa possível. Obrigado por me terem dado a oportunidade de partilhar a minha vida com vocês.
Depois, a todos os que se deslocaram até ao Mr. Big e que de certa forma me refrescaram mentalmente, obrigado.
Por fim, mas sempre como cabeça de cartaz, sempre a guiar-me ao longo destes 6 meses de preparação, ao meu amigo Hugo Gonçalo (MCO - My Coach Online). A tua paixão cativa qualquer pessoa, coach!
Este foi o caminho que escolhi, e não pretendo indicações de atalhos. Vou até ao fim, mesmo que esse fim não exista. Próximo sábado, nova oportunidade, novo desafio. Tenho fome de vencer, mas humildade e ambição, sempre!"

Após o nacional: "Cinco minutos poderão chegar para lerem este texto, outros precisarão de menos, mas sinto-me endividado, e não posso deixar passar mais tempo. Para quem não está a par, eu sagrei-me ontem, vice-campeão nacional, em S. Tirso, na categoria de Men’s Physique até 1,75m. Mas vamos ao início. Há sensivelmente 6 meses, aliando o fato de já não praticar futebol, devido a uma lesão que me afastou de competir momentaneamente, o que me revoltou fortemente, surgiu a hipótese e o interesse em participar num evento de fitness. Tinha curiosidade em passar por todo o processo de preparação, desde o primeiro dia até subir a palco, sendo que também existira a possibilidade em explorar ainda mais a minha área profissional, em todas as vertentes. Lembro-me que estava a falar com o meu grande amigo João Fialho e colocámos isso em cima da mesa, avaliámos todos os prós e contras, e de um dia para o outro decidi espontaneamente, sem hipótese de retorno. Cheguei ao pé da minha namorada, contei-lhe a ela e a mais ninguém. Apoiou-me, ainda um pouco reticente perguntou-me: Mas agora vais deixar de comer bolos à sexta-feira também André? Na verdade, a minha condição física na altura não era nada invejável. Cumpria os meus treinos, a minha alimentação, tinha um corpo aparentemente saudável. Mas a partir daquele momento tudo mudou. Eu queria mais, sempre quis, e a cada dia que passava me dava mais prazer em investir em mim, não só em termos estéticos, mas também mentais. E quanto a isso, hoje eu posso dizer que sou um privilegiado, pois sinto-me rico por dentro. Passando à frente. Ao longo destes meses, posso-vos garantir que não houve um único momento que pensei em desistir. Deixamo-nos de filmes de cowboys! Eu quando decidi, sabia que este sonho se iria concretizar, mais tarde ou mais cedo. Se estava preparado para aguentar tudo? Claro que não. Eu levei o meu corpo ao extremo muitas vezes, elevei a fasquia, bati no fundo e voltei a elevar novamente a fasquia. A minha mãe diz que sou teimoso, eu concordo com ela. Talvez por isso tenha chegado aqui, talvez teimosia tenha sido sinónimo de persistência. Ao sair da minha zona de conforto, aprendi imenso e não me arrependo de nada. Preferi sonhar alto, mas ter esse sonho, mesmo que ontem não o pudesse ter alcançado. Contudo, nesta viagem não vim sozinho. Comigo vieram seres humanos insubstituíveis, pessoas que enquanto existir vida, merecem o meu respeito, a minha confiança e gratidão. 
À minha família, principalmente aos meus pais e irmã, por mesmo que não tenham tido aquela perceção do quanto isto poderia ser importante para mim, estiveram sempre comigo, no preparo de refeições, na precupação e serenidade ao mesmo tempo. Espero que hoje, o orgulho que tenham de mim seja metade daquele que tenho por vocês. Houve também uma pessoa que esteve comigo, e assistiu a tudo lá de cima. Espero que esteja orgulhoso de mim, este prémio é também para ele.
À minha namorada, por me ter dado a oportunidade de respirar a sua confiança, determinação e persistência. Obrigado por seres a grande mulher que és, e mesmo na reta final, estando a milhares de km, acreditaste em mim. Chegou a hora de beber uma água de côcô e comer açaí. Conseguimos amor, até quarta!
A todos os meus amigos, que de uma forma ou outra me apoiaram e acreditaram que este sonho podia ser realizado. Que esta vitória seja também uma inspiração para todos vocês. Em especial, existiram pessoas que foram preponderantes em ontem ter atingido aquele lugar. Ao João Fialho, o meu principal confidente, e de certa forma co-piloto. És enorme, nunca te esqueças. A nossa amizade não tem preço mano!
Ao Hugo Gonçalo, pois foi quem capitaneou a minha preparação a uma dada altura, onde criámos uma forte ligação de amizade. Tive a sorte de encontrar um grande ser humano, com uma contagiante paixão pela área. Foi ele também que me segurou em muitos momentos, deu-me confiança e comandou toda a minha preparação. Foi um prazer trabalhar contigo, e novos desafios se avizinham. Um obrigado é muito pouco!
Por fim, e não menos importante, ao ginásio Fitclub por ter sido o meu berço nesta área, também ao ginásio Ritmus HC, ao ginásio People FC e a todos os colegas que de uma forma ou outra acompanharam e me apoiaram. À IFBB e a todos intervenientes neste evento, que de uma forma ou outra, contribuíram para que fosse um fim de semana de sucesso a nível desportivo. Para mim é um prazer fazer parte desta família. 
A todos, que me enviaram mensagens a parabenizar e a apoiar, muito mas muito obrigado. Agora é tempo de relaxar, estar com a família, fugir um pouco da dieta, e preparar novos desafios. Porque ontem subi um apenas um degrau, e hoje estou mais perto do segundo! Obrigado do fundo do coração! Merecem o mundo, nunca desistam de vocês!
Estamos juntos!"

"Competir para mim nunca foi uma questão de valorização sob alguém. Vivo a minha paixão com a perfeita noção que a única fórmula para atingir o sucesso terei que me testar, superar e orgulhar do que fiz, mesmo que para isso alguém não esteja de acordo. Assim fui educado, e irei continuar a manter esta postura. Porque para mim, desde o primeiro minuto que decidi embarcar nesta aventura, ao subir cada degrau daquela escada e apresentar-me a todos os presentes, para mim já tinhasido uma vitória. Mas sei também que não poderia ser demasiado modesto, afinal de contas, uma boa classificação seria a cereja no topo do bolo, algo que eu procurei durante muito tempo. Algo que fosse valorizado por alguém! Senão teria-me inscrito no Portugal Fashion. Culturismo, apesar de tudo, deve ser encarado como uma forma de estar na vida, uma luta constante por um objetivo, seja qual for. A todos os altruístas, não percam tempo a tentar destruir um muro de betão. Porque enquanto o fazem, a vossa casinha de palha vai caindo, aos poucos e poucos... 
Como tal, quero também eu aqui deixar uma palavra de apreço e respeito por todos os meus colegas que no sábado subirem, numa categoria de alto nível, com muito boas performances. Foi um prazer partilhar aquele momento com todos.
Estão todos de parabéns!
Agora é tempo de descansar e viajar um pouco, conhecer novos atletas e preparar novos desafios. Esperem por novidades! Estamos juntos!"


Regional Sul - Vice Campeão



















 Nacional - Vice Campeão