3° dia - Lagoa da Conceição

Ontem o meu dia foi mais do mesmo, procurar casa e ir ao shopping. Já tenho casa e basicamente vivo numa república de 11 raparigas, não sei no que isto vai dar, depois vos conto. Para terem noção de como as pessoas são acolhedoras, após encontrar casa fui para a paragem de ônibus para ir até ao hostel... encontrei uma rapariga brasileira na paragem que por acaso vive comigo, ela ia para a Lagoa comprar algo e assim que chegámos decidiu vir comigo para o hostel do nada, mais umas duas paragens e decidimos ir até ao final do percurso pois levava-nos a uma praia. Estava a haver lá uma sunset party, juntámo-nos a um grupo, provei a famosa água de côco e... que bem soube aquele final de tarde fora dos planos. É por isso que adoro cá estar. Não preciso de planear nada, tudo acontece naturalmente e na verdade é como corre melhor. Hoje não tenho planos mas tenho a certeza que será um dia diferente!
Deixo umas fotografias do dia de ontem, incluindo a vista da janela do meu quarto e o pequeno-almoço habitual dos brasileiros.