29º dia - Condução Brasileira

Vocês não estão bem a ver a condução dos brasileiros... é quase parecida à minha.
Regra nº 1: passadeiras, o que é isso? Bem podes puxar de um banco e esperares sentado até que uma alma caridosa pare, e quando decide parar liga os 4 piscas para avisar que podes passar com (in)segurança;
Regra nº 2: uma mota não pára em caso de 4 piscas, ou corres ou és atropelado;
Regra nº 3: nas rotundas não há prioridades. Quem está na rotunda até pára para um carro entrar. E piscas não existem nas rotundas nem cruzamentos, só para te avisarem que podes mesmo passar a passadeira;
Regra nº 4: quando te deixarem passar tens que agradecer SEMPRE com um fixe com o dedo;
Regra nº 5: STOP? Que sinal é esse?;
Regra nº 6: os ônibus pelos vistos têm autorização para andar à mesma velocidade que uma ambulância numa emergência a um EAM (vão pesquisar);
Regra nº 7: os semáforos são bem diferentes, a luz vermelha vai descendo até ficar verde e vice-versa. Não perceberam pois não? Esqueçam;
Regra nº 8: o travão só existe para casos de emergência, curvas não contam;
Regra nº 9: carona é a coisa mais banal por aqui;
Regra nº 10: apitar para qualquer rabo de saia é fundamental para qualquer atrasado mental.