Valentine's Day

Não percebo o desprezo de algumas pessoas a este dia. Sim, o dia dos namorados deveria ser os 365 dias do ano, ok, está bem, ridículo. Uma mãe também é mãe os 365 dias do ano e também há um dia dedicado para ela. O que é certo é que as pessoas que desprezam este dia estão solteiras, é compreensível.
Eu cá gosto do dia de São Valentim e celebro-o de coração cheio. Desta vez não preparei nenhuma surpresa lamechas mas sim uma daquelas impossíveis de recusar. Simplesmente comprei o vinho preferido dele e aluguei um quarto na Quinta de São Jorge, através do booking. Ele levou-me a jantar, fomos sair e a meio da noite fui deixá-lo a "casa". O caminho foi "doloroso", pois quando ele se apercebeu que ia na direcção errada começou logo a franzir as sobrancelhas e a mandar vir. Claro que quando lá chegámos não sabia se havia de me bater ou de beijar. 
O quarto era rústico e super acolhedor, tinha uma vista linda para os campos alentejanos. A minha parte preferida foi quando me deitei e reparei que a cama tinha aquecimento!! Acho que nunca dormi tão bem em toda a minha vida! Os senhorios foram incríveis e deram-nos a escolher a hora que gostaríamos de tomar o pequeno-almoço! 
Adoro proporcionar-lhe momentos destes pois sei que ficarão para a vida, independentemente do que aconteça. Que venham mais dias de São Valentim como estes!