24 março 2015

25º dia - Mini Monkeys

Pela primeira vez passei um dia sem sair de casa. Tirei o meu domingo para ficar na preguiça, mesmo assim acordei as 7h da manhã sem sono, ainda estou no fuso horário português. Abri a janela do quarto e eis que me deparo com um macaquinho a olhar para mim!! Tão cutxi cutxiii! Queria tanto pegá-lo e adotá-lo que o assustei, fugiu e nunca mais o vi. Aqui no meu bairro há imensos a passear pelos quintais, varandas e telhados. Eu ainda vou fazer amizade com eles, dar-lhes nome e levá-los comigo para Portugal! Quando conseguir fotografá-los mostro aqui. São tããão fofos!
Quanto ao domingo secante, não posso passar mais dias fechada em casa, faz-me mal.
Ah e estou à procura de uma nova casa. Embora adore esta casa, este bairro e as minhas 10 colegas, algumas delas irmãs, não posso ficar aqui. Primeiro porque a senhoria apresentou-nos um contrato inesperado com regras DEMASIADO exigentes e fora do normal. 10 minutos para tomar banho, com direito a relógio no banheiro para contar bem os minutos. As visitas não podem passar da sala para cá. Proibido animais de estimação mas temos que cuidar do gato dela, isso. Proibido colocar sacos de plástico numa tal gaveta, onde fez questão de deixar um SÉRIO aviso, não sabia se havia de rir ou chorar. Proibidíssimo haver barulho e pessoas a partir das 22h. Dormir cá visitas ou namorados? NEM PENSAR, que pecado, rua. Para sair de casa temos que destrancar e trancar 3 portas, só para isso tenho que tirar 10 minutos sempre que quiser entrar ou sair, já me apeteceu ir comer um gelado e não ir pela preguiça de destrancar e trancar cadeados. Obrigadas a manter a comida no frigorífico do quarto e ter que sair com um tabuleiro para a cozinha. Não tenho paciência. E muitas outras regras ridículas que faço questão de não mencionar aqui. Portanto eu e mais umas 4 ou 5 colegas estamos à procura de outra casa.
Tenham uma excelente semana!

Sem comentários:

Enviar um comentário