01 janeiro 2015

Réveillon 2015

Foi-nos dada mais 365 oportunidades para fazermos o melhor, não só para nós mas sim para os outros. Vamos ser menos egoístas e mais honestos, dar mais sem esperar nada em troca. Nada me satisfaz mais do que fazer a diferença na vida de alguém. Estendam a mão ao desconhecido, distribuam sorrisos, se for preciso ofereçam o único lanche ou a única nota que têm na carteira, não é por isso que ficam mais pobres, muito pelo contrário. Acordem e desejem bom dia a todo o mundo. Agradeçam qualquer gesto, evitem ver maldade. Não sabemos o dia de amanhã, não sabemos se teremos realmente 365 oportunidades ou menos... 
Tenho a certeza que este ano vai ser um dos melhores da minha vida, irei atravessar o oceano para embarcar numa aventura certamente inesquecível, vou terminar o meu curso e se tudo correr bem terei o primeiro emprego, o primeiro ordenado, irei passar a pouco e pouco para a próxima fase do ciclo da vida, a independência. Quero viajar muito, quero conhecer os cantos do mundo, conhecer diferentes continentes, países, culturas, pessoas... Se vim ao mundo então não morrerei sem o explorar. Não é apenas um desejo mas sim uma necessidade.
Quanto ao réveillon, escolhi um macacão preto clássico super confortável, um apanhado simples e a minha make-up favorita, a única coisa que mudava eram os sapatos pelos da fotografia, mas não tive oportunidade de sair da santa terrinha.
No momento da contagem decrescente para o ano novo começo logo a sentir borboletas na barriga, parece que sinto a mudança do ano, sinto que certas coisas mudam, emociono-me sempre na despedida pois recordo-me de todos os momentos que 2014 me proporcionou, agradeço a Deus pelas oportunidades e pelas pessoas que ainda mantém junto de mim. Sou lamechas, portanto.
Espero que tenham tido uma óptima passagem de ano, desejo-vos a maior sorte do mundo!







Sem comentários:

Enviar um comentário