26 janeiro 2015

Swim Amara

É verdade que ainda faltam 5 meses para o verão... para vocês. A mim faltam-me apenas umas meras semanas e é claro que já comecei a ver roupa de verão, sandálias e, principalmente, biquínis. Encontrei esta maravilhosa colecção da Swim Amara!! Gostam? Tinha de partilhar com vocês, quem é a amiga quem é?











Jaybee

Ofereci esta medalhinha à minha mãe da loja Jaybee, têm facebook e instagram. Dá para escolherem o formato da medalha, a imagem no centro, ouro ou prata e por fim a frase! Em uma semana a encomenda estava na minha casa. Impecável! Visitem a lojinha e surpreendam os vossos familiares, amigos ou namoradas. Boa semana!



13 janeiro 2015

Golden Globes 2015

Vá que estou com muita paciência para criticar os vestidos deste ano. Não vou colocar a marca dos vestidos para fingir que sou uma pró no assunto, porque não sou. Também porque nunca nesta vida irei ter oportunidade de vestir estas marcas. Sejamos realistas.

A melhor. Acertou em tudo. Simples e clássica, ao estilo de uma poderosa gentlewoman.

Fantástica! De arrepiar! Qualquer vestido assenta na perfeição neste corpo.

De tantos vestidos vermelhos que passaram por aquela passadeira este para mim ganhou. 


Que mimo! Quero este vestido para mim!

Um encanto! Ela já é linda, com um vestido destes rebenta com a escala. 


 Eu não vestia mas nela assentou que nem uma luva. Adoro a parte final do vestido!


 Simples mas o suficiente para deslumbrar. 


Wait... it's white! It's perfect!


Parece que o segredo do sucesso de um vestido está na parte final... 


Tanto este vestido como o de baixo têm características semelhantes. Vestidos assim chamam-me a atenção, gosto de simplicidade e de cores suaves. 


 Olho para esta mulher e imagino o que estava a pensar "Invejem-me ladies!"


Este tipo de vestidos esteve na moda na temporada passada, embora ache que nunca deveria passar de moda. Eu gosto.


Acho esta atriz linda de morrer, para quem a quiser ver que siga a série Arrow. O vestido não é nada por aí além mas fica-lhe super bem, escolheu muito bem o penteado, a maquilhagem e os acessórios.

 A Lupita surpreende sempre, no entanto desta vez não me deixou tão surpreendida, a não ser pelo facto de não me ter surpreendido... ok, esqueçam. Eu percebi.


Este vestido faz-me lembrar aquelas damas do século passado. Gosto do feitio do peito/pescoço. O penteado só poderia ser um apanhado sofisticado.


É o único que ainda não me decidi se gosto ou se não gosto. Precisava de experimentar. 


A parte de cima do vestido não funciona, faz a Rosamund parecer gordinha.


Eu não gosto do vestido, o facto de ter bolsos então...


 Um dos vestidos vermelhos que não gostei. Completamente fora do meu género.


Qualquer pessoa sabe ver o que está aqui de mal certo? Mas não sejamos ruins, talvez a mulher estivesse a cozinhar um entrecosto no forno e esqueceu-se de tirar as luvas de protecção.


Mais um red dress para olhar uma vez e... mais nenhuma. 


Não! No! Non! Nie! Keine! Ne! Geen! Ingen! Không! 沒有!


Esta não tem espelhos em casa. Não acho a mínima piada a vestidos formais por cima do tornozelo. Horrível.


A prova como um pormenor estraga tudo: o cinto.


Conseguia comprar o tecido e costurá-lo em casa.


Já disse e volto a repetir: vestidos com o tornozelo à mostra não! 

Só faltou o chapéu de sol com borboletas a condizer. 


A reacção da minha avó quando viu este vestido "Quando era solteira tinha uma camisa de dormir parecida!!"

  Não tem ponta por onde se pegar. Parece que foi obrigada a vestir algo que detestava.


 Já escrevi e apaguei dezenas de vezes. Desisto, não tenho palavras. Próóóóximo.


Já tinha dito algures que gostava de ver grandes decotes em peitos pequenos mas esta falhou totalmente. Da cintura para baixo é para evitar olhar. De resto é linda e adoro o cabelo.


 T-O-R-N-O-Z-E-L-O-S!! (e veias)


Faz-me lembrar a fada dos dentes, mas pior.

11 janeiro 2015

José, El Portugués

Prometi à minha mãe que este seria um bom ano para a nossa família. Falhei para ela e Tu falhaste-me. Quanto mais fé tento ter, quanto mais tento confiar mais me desiludes. Quanto mais cuido da família dos outros mais pessoas levas da minha. Não aguento mais, Senhor.

Ele levou-te durante os teus sonhos sem ninguém esperar, avô. Após tantos anos preso ao teu maldito corpo quero acreditar que neste momento te sentes livre e aliviado. 
Quase 50 anos de casamento. Não conheço nenhuma guerreira como a avó! Faço questão de contar para que percebam que quando há amor, vontade e coragem tudo é possível. Sempre observei intensamente o que me inspirava neste casal. Foi diagnosticado ao meu avô Esclerose Múltipla há 28 anos, uma doença degenerativa. Da independência ao caminhar para a bengala, da bengala para o andarilho, do andarilho para a cadeira-de-rodas, da cadeira para a cama. Como será ver o homem da nossa vida perder as forças desta maneira? Como será lutar contra umas meras células que nos destroem por dentro? Ele não podia mais levar-lhe o pequeno-almoço à cama mas durante 14 anos a minha avó deu-lhe de comer. Nenhuma mulher aguentaria dar banho e muito menos mudar fraldas ao marido durante 14 anos como ela sempre aguentou e raramente se queixou! Colocá-lo num lar nunca foi opção! Deu-lhe a melhor qualidade de vida que poderia ter, uma carrinha adaptada à cadeira-de-rodas para poder levá-lo de férias; uma cama adaptativa; uma cadeira de rodas automática; outra cadeira para o banho; substituiu a banheira por um poliban próprio; um elevador para levantá-lo da cama quando as forças dela começaram a falhar. NUNCA desistiu dele! Nunca vi amor mais verdadeiro e puro por uma pessoa! Quando me perguntam qual a enfermeira ideal eu respondo: a minha avó, apesar de não o ser, foi. Tenho tanto mas tanto orgulho nela, não vai ser fácil alterar toda essa rotina que tinha sempre em prol do meu avô, mas estou aqui para ajudar. Ainda ontem estivemos todas lá em casa, como em jeito de despedida, como se adivinhássemos. Ele nunca se queixava, estava sempre tudo bem para ele. Ninguém fazia ideia, ninguém esperava. Hoje ele não acordou. O coração parou.

Agora avô, anda, corre e cavalga como tu tanto gostavas. Vai ter com o teu pai, com o teu amigo Mestre Batista e com os teus cavalos Lagarto, Zapatero, Cordobez... Estamos todos de luto por ti, sabes que foste uma figura memorável adorada por todos. Ninguém te esquecerá meu cavaleiro! Foi uma honra!
Até sempre.


03 janeiro 2015

Inspiration #14

Fotografias que me identificam, que me inspiram. Foram retiradas do tumblr da blogger Bárbara Inês do blog BANGING FASHION. Uma das minhas bloggers portuguesas favoritas. Visitem!