08 janeiro 2014

3096 days - Natascha Kampusch

E quem não conhece o caso de Natascha Kampusch? A jovem guerreira que (sobre)viveu 8 anos e meio sob a violência de Wolfgang? Acabei de ver o filme agora, consegui ficar presa ao ecrã do início ao fim (com pausas de lágrimas pelo meio). Através do filme temos uma percepção do terror que Natascha viveu mas jamais este nos faz sentir na pele dela, aquele misto de sentimento de raiva, ódio e dor. Não sei que faria no lugar de Natascha mas a mesma força eu não teria. Admiro-a, muito!



"Natascha Kampusch, 10 anos, no caminho para a escola, é agarrada e arrastada para dentro da carrinha branca de Wolfgang Priklopil, um engenheiro de telecomunicações desempregado. O raptor não queria um resgate, queria apenas apoderar-se da menina. Sob a sua casa, num bairro residencial de classe média, Priklopil construíra uma cela secreta para a aprisionar. O espaço, de 2 por 3 metros, foi a solitária cela de Natascha durante os próximos oito anos e meio: livros de histórias, bolachinhas e um beijo de boa noite serviram para suavizar a violência, a humilhação e a constante privação de alimentos. Mas Natascha Kampusch não se deixou vergar pelo isolamento, que ao invés a reforçou. Cada dia sobrevivido constituiu para Natascha uma pequena e insubordinada vitória. Em 2006, Natascha conseguiu finalmente fugir e Wolfgang Priklopil suicidou-se."

1 comentário: